lições de escrita

Outra série aqui começada que deixo na caixa de comentários para quem a quiser continuar.

5 comentários:

luís ene disse...

Lições de escrita

Lição Primeira

Não tenho nada para vos ensinar, dizia o escritor, mas podem sempre aprender com os meus erros. É o que eu faço.

Lição Segunda

É muito simples, basta ter algo para dizer e dizê-lo, assegurava o escritor, e ria até lhe virem as lágrimas aos olhos.

Lição terceira

É preciso saber muito bem tudo o que vamos escrever, palavra por palavra, dizia o escritor, e depois escrevê-lo como se nada soubéssemos. Felizmente tenho má memória e confundo tudo.

Lição quarta

Não escrevo para dizer o que sei, dizia o escritor, escrevo para dizer o que de outra forma nunca sonharia dizer.

Lição quinta

Quando escrevo nunca me pergunto por que o faço, dizia o escritor, essa pergunta só me visita quando escrevo, e sempre que chega logo eu a escrevo.

José Eduardo Lopes disse...

Lição sexta

Deve-se escrever sempre sobre aquilo que se conhece mas, primeiro, temos de assumir a humildade socrática de que nada conhecemos.

Anónimo disse...

Teve muitas lições de escrita, nada escreveu. À primeira lição de vida escreveu um livro.

Alfredo Dias

luís ene disse...

Licão Sétima

Teve muitas lições de escrita, nada escreveu. À primeira lição de vida escreveu um livro.

[:)]

Raquel Vasconcelos disse...

Lição Oitava

Leiam sempre, tudo o que irão saber aprende-se noutros livros, dizia o escritor. E passou dias e dias a olhar em redor, em contemplação.