Sobre a sessão de poesia Texto}al de Sexta







Foi muito interessante a sessão de poesia no Draculea, organizada por este bar e pelo Texto}al. Cedo a organização deu lugar à improvisação e os autores, eu,  Tiago Nené, a Isa Mestre e o Adriano Narciso viram-se à volta de uma mesa central (com a guitarra de José Banza), à luz de velas, copos na mão (caipirinhas, martinis e algumas bebidas não alcoólicas), recitando poemas a duas ou três vozes, com sobreposição de versos, e saídas do texto original. A sala esteve composta, apesar de não inicialmente, houve alguma resistência por parte do público, até percebermos que dedicar alguns poemas a pessoas que o integravam seria uma estratégia interessante para as conquistarmos. Gostei muito da experiência e será repetida muito em breve, espero.

Na sessão foram lidos poemas de: Adriano Narciso, Duarte Temtem, Isa Mestre, Tiago Nené, Sylvia Beirute e Joana Dias Antunes.

O texto}al agradece ao Valter Ego e à Úrsula, do Draculea Bar, o convite que nos foi endereçado.

[tn]

5 comentários:

Pedro Rodrigues disse...

Os meus parabéns pois iniciativas destas são sempre de se louvar e, votos de que se possa repetir mais e mais vezes =) Abraço a todos.

raquel disse...

irei ao próximo. sorrisos

cristiane machado disse...

selinho pra ti no meu blog. bjs

DRACULEA Café Bar disse...

Nós é que agradecemos a presença dos autores. E gostaríamos de pedir autorização para colocar no nosso blog alguns dos poemas (talvez um por autor?) lidos na noite de sexta-feira. Pode ser?

Ju disse...

obrigada pela leitura!um abraço forte a todos