Diálogo da tua ausência (2)

[para o meu outro eu]

Se ficares não me deixes só.

O medo sou apenas eu a olhar-me ao espelho,
o medo, reflexo de todas as palavras,
o medo, desenho cruel de todos os eus que me habitam.

Podes ir, mas por favor, se ficares não me deixes só.

Isa Mestre

1 comentário: