UMA HISTÓRIA AOS CARACÓIS

[para a van, encaracolada]

Ela tinha o cabelo liso, longo e liso, completamente liso, mas, quando finalmente se encontraram, perdeu toda a compostura e encaracolou-se irremediavelmente. Verdade seja dita, ele não soube de nada, o que não o impediu de se apaixonar por ela, que o amor é sempre tão inevitável como a queda do cabelo que, deixem-me que vos diga, ele usava curto, muito curto, não sei se para prevenir ou para disfarçar a queda, do cabelo, claro está, e não a outra, menos óbvia mas nem por isso menos importante, que era a queda que ele tinha por raparigas de cabelo encaracolado.

2 comentários:

Anónimo disse...

Texto de mestre. Muito bom!

Chaparro Mouro

van disse...

E não é que até tem queda para a escrita?!