Licitação - um poema de Tiago Nené



















LICITAÇÃO

não sei o que esconde
o silêncio
nunca o entendi
talvez sirva
para leiloar sentimentos

sim, deve ser
exactamente isso
que acontece -
e a licitação mais baixa
sempre vence.

Tiago Nené
in
Os Poemas Frios
(em preparação)

banda sonora: Sweet Talk - The Killers

9 comentários:

Joana Borges disse...

"a licitação mais baixa sempre vence".

gostei da metáfora do leilão. de facto, quanto menos damos mais ganhamos. é que muitos de nós só dão valor ao que não têm.

como sempre excelente.

Lídia Borges disse...

Frio, este poema sem dúvida, mas muito consistente e muito bonito.

Obrigada!

Ana disse...

1 registo diferente do habitual. parece q as palavras foram colocadas c/pinças, tal a delicadeza. mt original a metáfora.

obrigada!

Nydia Bonetti disse...

humm... este poema é quase um corte... perfeito.
boa semana, T.!
Um abraço.

Iuri Matos disse...

verdadeiro poeta. dizer muito por poucas palavras. parabéns.

Ju disse...

quem dá mais?
por um montão de palavras
um
por um montinho de palavras
dois
pela síntese
três
vendido, integrado, entendido.

Paula disse...

"leiloar sentimentos" triste e magnifica definição que, por vezes, também, pode traduzir o silêncio.

Raquel Dias disse...

gostei imenso!

Vanilla disse...

Perfeito esse!