Um poema da poetisa espanhola Ana Pérez Cañamares - Intimidade















Tenho a sorte de receber muitos livros e, como tal, a honra de me quererem como seu leitor. Desta vez ando a ler o livro que gentilmente me foi oferecido por Ana Pérez Cañamares, que acompanho desde sempre no blogue El Alma Disponible, e que tive o prazer de conhecer em Espanha. O livro em questão intitula-se La Alambrada de Mi Boca. Traduzi este Intimidade.

INTIMIDADE

a minha alma veste roupa interior:
cuecas brancas e soutien negro.

dispo-me na intimidade de um quarto
que é meu.
guardo as chaves no buraco
do meu umbigo. com a escrita
fiz chuva de confetti
sobre o meu coração despido.

há muito tempo
que terminei de pagar a hipoteca.

Ana Pérez Cañamares
in La Alambrada de Mi Boca
(ed. Baile del Sol)
Tradução inédita de Tiago Nené

11 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

Muito bacana!

BAR DO BARDO disse...

Ana boa. Bom texto.

Wanderley Elian Lima disse...

Passei para conhecer seu blog. Parabéns pelas escolhas.
Um abraço

Fernanda Fernandes Fontes disse...

Que gostoso poder adentrar leituras de diversas almas. Vivo um paradoxo com essa internet: ao mesmo tempo que me sinto feliz por conhecer pessoas e letras de diversas partes do mundo, sinto o fato de estas estarem distantes...que bom seria tomar um café com vcs!

Bjs!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Imagine só o tamanho do buraco desse umbigo.

Olha, estive navegando, avistei tua nave, invadi, gostei e não resisti.

Abraços,

Furtado.

Asiram disse...

gostei do texto...muito bom!!

bjux

Beatriz Vieira disse...

Olá,

Vim visitar esse blog e me chamou a atenção a atividade de traduzir poesia.. algo muito complexo!
Mas parabéns ao blog.Conteúdo muito bom!
Beatriz
http://cartasaoavesso.blogspot.com/

Adriana disse...

Maravilha de poema bem resolvido psiquicamente.

Adriana Godoy disse...

que beleza...belo e mágico. bj

Mônica Angeleas disse...

Olá, passei para retribuir a visita.
Parabéns plo blog.

Já estou seguindo!

Abcs

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Lindo bloggerr com bonitos poemas e imagens
Abraços Eduardo Poisl