Salmo 32 - um poema de Sylvia Beirute




















SALMO 32


na perspectiva do poema
o poeta não é mais
do que uma barriga de aluguer.

Sylvia Beirute

imagem de José Ferreira

3 comentários:

BAR DO BARDO disse...

... sim - no Brasil eu sou de aluguel... a essência é a mesma.

Ai, que lembrança mais dolorosa - que eu me imaginava O Criador...

(Palavra de verificação: "genos".)

van disse...

Seria simpático divulgarem o autor da fotografia, até porque é um rapaz natural de Faro. :)

Marcos Satoru Kawanami disse...

e quem é a parteira? ou o médico obstetra?

acho que o poeta é a parteira, e a barriga genitora está acima de nós, ou, em muitos casos, abaixo.

=D
marcos