Um poema de Adriano Narciso - Monólogo de um deus solitário




A carne exala credos:
É todo um rosário de madrepérolas vermelhas,
úteros em ebulição.
Carne que é extensão da libido quando ouve orações a virgens
fecundadas

Sentado na Mesa,
doze lugares vagos. Ecos da minha voz.
Eu, a minha Carne e a Roupa somos Espírito santo;
a Santíssima Trindade pedindo um café!

Não queremos pão!,
gritam.

'Não há fome,
Não há palavra,
não há ressurreição!’
brado a paredes surdas, altares sem hóstias,
vinho, não há batinas,
as velas apagam-se.

riem-se.
São cordeiros que assistem, hereges,
à derradeira missa.
uma paisagem idílica ao fundo:
lírios, magnólias, espinhos cravados em cabeças suadas.
éden sentiria inveja deste horizonte
mas os risos torrentes
violentam pulmões de cordeiros.

Por isso nego anjos, trombetas e anunciações.
Gabriel em decadência!

Adriano Narciso

10 comentários:

Anita Mendes disse...

Adriano ,as associações e a cadência fazem do poema uma oração a si mesmo.

ps: e sim !"queremos" mais poesias bonitas como essa.
Adorei!

saludos pra ti, Anita.

Adriana Godoy disse...

Belo, quase sacro, quase herege esse poema. As imagens sãofortes. Gostei muito.

entrelinhas. disse...

ultrapassa-me completamente.
quem escreve assim nao é gago!

beijo,
sara

Quadro Utile disse...

Obrigada pela visita no meu cantinho, parabens pelo blog gostei mto :d
bj
Sónia

em faro não há poesia disse...

sim, sim, poesias bonitas, imagens fortes, associações e cadências.
isso é que é preciso.
não há nada como inovar: ser bonito, forte, associar e ter cadência.
continuem que vão longe.
em faro, então...

Vieira Calado disse...

Um belo poema, sim senhor!

Um abraço

Pó & Teias disse...

Olá, povo do Texto - Al!!!


bacana este intercâmbio trans continental.


linkamos vocês lá no Pó & Teias!!!


(ainda não nos adaptamos ás novas regras ortográficas!!!! rsrsrs)

Renata de Aragão Lopes disse...

Bem redigido, forte... e triste.
Não há esperança?

Flávia Muniz disse...

Oi Tiago, vi nesse poema de Adriano um Q de Pedro S. Martins...

Adorei o novo projeto!
bj

Beatriz Vieira disse...

Essa imagem de Nietzsche já vi em algum lugar...